Nova economia dos dados: crianças são exploradas sem que pais percebam

18/07/2020 09:47

As novas tecnologias da informação e comunicação estão por toda a parte e presentes em todos os momentos da vida das pessoas, seja no trabalho, no lazer ou nos estudos. Crianças e adolescentes, por serem grandes usuários, passam por um processo ainda maior de digitalização da vida, em especial nesse momento de pandemia. Essa hiperconectividade tem gerado, cada vez mais, uma enorme assimetria de poder nas relações dos indivíduos com agentes, públicos e privados, responsáveis pelo processamento de dados pessoais em quantidade exponencial. Relevante consequência desse fenômeno é a patente impossibilidade de os indivíduos controlarem o fluxo de seus próprios dados pessoais.

Leia a matéria completa de Isabella Henriques e Pedro Hartung - Especial para o UOL