Por que Youtubers Mirins Viraram a Nova Dor de Cabeça do Google no Brasil?

04/01/2019 10:47

Bonecas, material escolar, lojas de brinquedos, programas de TV e viagens. Estes foram alguns dos temas de vídeos publicados em canais apresentados por crianças --os "youtubers mirins"-- que foram destacados em uma ação civil pública do Ministério Público de São Paulo contra o Google, empresa dona do YouTube, como informado pela "Folha de São Paulo" nesta quarta (2). O processo, que afirma haver abuso de publicidade contra o público infantil, ainda será analisado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Ao todo foram citados 105 vídeos de sete canais: Julia Silva (25 vídeos), Felipe Calixto (24), Vida de Amy (dez), Manoela Antelo (nove), Gabriela Saraivah (quatro), Marina Bombonato ... -

 

Márcio Padrão - Do UOL, em São Paulo (02/01/2019)

Veja mais em